106.7 FM - A Sertaneja de Verdade! | Ribeirão Preto/SP
RP aplicou 40.665 doses de vacina
ALEXANDRE DE AZEVEDO/CCS

Segundo balanço divul­gado pelo “Vacinômetro”, ferramenta digital desenvol­vida pela Secretaria de Co­municação em parceria com a Companhia de Processa­mento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), até as 17 horas desta segunda­-feira, 22 de fevereiro, Ribei­rão Preto havia imunizado aplicado 40.665 doses de va­cina contra a covid-19.

Segundo o painel, 31.270 pessoas já foram imunizadas (primeira dose) – profissio­nais da saúde, funcionários e idosos de instituições de longa permanência e pesso­as acima de 85 anos, além de trabalhadores das unidades Campus e de Emergência do Hospital das Clínicas da Fa­culdade de Medicina da Uni­versidade de São Paulo (HC­FMRP/USP).

Elas receberam doses da Coronavac, vacina desenvol­vida pelo Instituto Butantan em parceria com a biofarma­cêutica chinesa Sinovac, e do imunizante da Universida­de de Oxford/AstraZeneca. Além disso, 9.395 profissio­nais de saúde receberam a segunda aplicação da Coro­navac. A prefeitura já rece­beu 52.676 doses de vacina até agora e tem 12.011 para a segunda aplicação nos profis­sionais de saúde.

A expectativa é de que uma nova remessa chegue à cidade nesta terça-feira, dia 23, segundo Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, que produz a Coronavac no Brasil. O lote deve ter entre oito mil e nove mil doses, se­gundo o prefeito Duarte No­gueira (PSDB).

De acordo com informa­ções divulgadas pela Secre­taria Municipal da Saúde, o público-alvo da primeira dose nesta etapa é formado por 40.829 pessoas. Ou seja, até agora a cobertura vaci­nal chega a 76,6%, com base nos dados do “Vacinômetro” de 31.270 pessoas que rece­beram a primeira dose. De acordo com a pasta, 31.095 moradores foram imuni­zados (76,2%). Além disso, 8.671 receberam a segunda dose (21,2%).

A pasta informa que de 30.244 profissionais de saú­de, 22.644 receberam a pri­meira dose (74,9%) e 8.107, a segunda (26,8%). Dentre os 5.265 idosos de 85 a 89 anos, 4.242 foram imunizados uma vez (80,6%) e 25, duas vezes (0,5%). Segundo a secretaria, de 3.770 senhores e senhoras com 90 anos ou mais, 2.659 já passaram pela primeira aplica­ção (70,5%) e 16, pela segunda (0,4%). A cobertura envolven­do os 1.550 idosos em institui­ções de longa permanência e acamados é de 100%. Além disso, 523 já receberam a se­gunda dose (33,7%).

Os números também re­presentam 4,4% nos dois casos (“Vacinômetro” e Se­cretaria da Saúde) da popu­lação da cidade, estimada em 711.825 pessoas, segun­do o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísti­ca (IBGE). A meta inicial, anunciada em janeiro, era é imunizar 150.275 pessoas dos grupos prioritários.

Esta população é formada nesta primeira etapa do Pla­no Municipal de Imunização (PMI) por profissionais de saúde e idosos e cuja vaci­nação começou no dia 19 de janeiro. A previsão inicial é de concluir esta fase em 22 de março. O público da etapa que vai até março é compos­to por 32 mil profissionais de saúde e mais 118.275 pessoas acima de 60 anos.

 
Carregando os comentários...
Programação 106 com Claudinho
Henrique e Juliano - Aquela Pessoa
Carregando... - Carregando...