106.7 FM - A Sertaneja de verdade!
Etanol a R$ 3 na Zona Sul de RP

Os combustíveis estão mais caros em Ribeirão Preto desde 30 de outubro. Em alguns postos na Zona Sul da cidade o litro do eta­nol está sendo vendido a R$ 3 (R$ 2,997) e o da gasolina, a R$ 4,30 (R$ 4,297). O do óleo diesel custa R$ 3,60 (R$ 3,599). No início do mês, nos postos sem-bandeira de Ribeirão Preto, o preço do álcool saltou de R$ 2,48 (R$ 2,479) para R$ 2,68 (R$ 2,679), aporte de R$ 0,20 e aumento de 8,06%. Nos bandeirados, o produto passou de R$ 2,60 (R$ 2,599) para R$ 2,79 (R$ 2,789), acréscimo de R$ 0,19 e alta de 7,3%.

O etanol sofreu reajuste nas usinas paulistas. Além disso, o fim das promoções por parte das distribuidoras e o final da safra de cana-de-açúcar mo­tivaram a correção. Na área nobre de Ribeirão Preto, os combustíveis têm preços mais elevados porque, segundo os comerciantes, o valor do alu­guel também é bem mais caro do que nas demais regiões.

Para encher um tanque de 50 litros, o consumidor vai gastar entre R$ 134 (sem-bandeira) e R$ 150 (bandeirados da Zona Sul), respectivamente.

O preço da gasolina tam­bém sofreu reajuste. Nos pos­tos independentes, o litro do derivado do petróleo subiu de R$ 3,90 (R$ 3,899) para R$ 3,98 (R$ 3,979), acréscimo de R$ 0,08 e aumento de 2,05%.

Nos franqueados, custava R$ 4 (R$ 3,999) e agora é vendido a R$ 4,09 (R$ 4,089), aporte de R$ 0,09 e alta de 2,25%. No entanto, alguns comerciantes praticam o preço de R$ 4,30 (R$ 4,299). Para encher um tanque de 50 litros, o consumidor vai gastar entre R$ 199 (sem-bandeira) e R$ 215 (bandeirados na Zona Sul), res­pectivamente.

O óleo diesel nos sem-ban­deira passou de R$ 2,95 (R$ R$ 2,949) para R$ 3 (R$ 2,999), R$ 0,05 mais caro, elevação de 1,7%. Nos bandeirados saltou de R$ 3,20 (R$ 3,199) para cerca de R$ 3,40 (R$ 3,399), R$ 0,20 a mais, correção de 6,25%. O consumi­dor vai desembolsar entre R$ 150 e R$ 170 para abastecer um tan­que de 50 litros, respectivamente.

Ainda é mais vantajoso abas­tecer com álcool. Com o litro do etanol a R$ 2,48 nos postos sem­-bandeira, e o da gasolina a R$ 4, a paridade está em 62%. Nos ban­deirados, com o etanol a R$ 2,79 e o derivado e petróleo a R$ 4,09, a relação chega a 68,2%. Na Zona Sul, com álcool a R$ 3 e a gasolina a R$ 4,30, a paridade está no limi­te: 69,76%. Segundo especialistas, a vantagem evapora quando esse índice atinge 70%.

Segundo o último levanta­mento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocom­bustíveis (ANP), realizado em Ribeirão Preto entre o último dia 29 e 4 de novembro – não houve pesquisa na cidade na úl­tima semana –, o litro da gasoli­na vendido nas bombas do mu­nicípio era o mais caro do estado de São Paulo, à época, com valor médio de R$ 4,021 (mínimo de R$ 3,770 e máximo de R$ 4,099) – até então, era o único local en­tre 59 pesquisados onde o valor do produto estava acima de R$ 4.Para os postos era vendido a R$ 3,348 (piso de R$ 3,240 e teto de R$ 3,456), com margem de lucro de R$ 0,673.

O etanol custava, em média, R$ 2,694 (mínimo de R$ 2,450 e máximo de R$ 2,799) na se­mana do estudo. Para os postos era negociado a R$ 2,246 (piso de R$ 2,146 e teto de R$ 2,322), variação de R$ 0,449. Já o litro do diesel custava, em média, R$ 3,141 (mínimo de R$ 2,949 e máximo de R$ 3,399). Os preços para os revendedores não foram pesquisados. O álcool de Ribei­rão Preto também era o oitavo mais caro do estado, atrás de Ca­raguatatuba (R$ 2,972), Cuba­tão (R$ 2,949), Avaré (R$ 2,800), Itanhaém (R$ 2,769), Franca (R$ 2,758), Ubatuba (R$ 2,712) e Amparo (R$ 2,698).

De acordo com o Centro de Pesquisas Econômicas (Cepea) da Escola Superior de Agricul­tura Luiz de Queiroz (Esalq) – vinculada à Universidade de São Paulo (USP) –, na semana passada, entre os dias 6 e 10 de novembro, o valor do litro do etanol hidratado subiu 2,25% nas unidades produtoras, de R$ 1,5889 para R$ 1,6247– cus­tava R$ 1,5721 no estudo ante­rior. Já o litro do álcool anidro – adicionado à gasolina em 25% – aumentou 2,05%, de R$ 1,7450 para R$ 1,7807. Até dia 3 custava R$ 1,6632.

Gasolina e diesel – A Pe­trobras anunciou um novo rea­juste para os combustíveis, com aumento de 1,20% no preço da gasolina nas refinarias e queda de 0,20% no preço do diesel. Os novos valores valem a partir desta terça-feira, dia 14.

Carregando os comentários...
Tarde Sertaneja 106FM com Dudu
Luan Santana - Chuva de arroz
Carregando... - Carregando...