106.7 FM - A Sertaneja de verdade!
Duplicação de avenida será retomada no Ribeirão Verde

Uma boa notícia para os cerca de 80 mil moradores do chamado Complexo Ribeirão Verde, bairros na Zona Leste que têm como única via de aces­so a avenida Antonia Mugnatto Marinek, a popular “Estrada das Palmeiras”. A terceira empresa habilitada pela comissão de li­citação em abril de 2016 para execução do projeto de duplica­ção da via, a Tecla Construções Ltda., aceitou nesta segunda­-feira, 13 de novembro, dar con­tinuidade nas obras. A constru­tora é a mesma que realizou a polêmica reforma do calçadão.

A empresa se comprometeu a entregar as obras de pavimen­tação e duplicação da avenida Antônia Mugnatto Marincek, entre a Rodovia Anhanguera e rua José Malvaso, em 18 meses, contando a partir da data em que assinar o contrato. “Porém, o prefeito fez uma exigência para que a inauguração do trecho seja realizada ainda em 2018”, diz Pe­dro Luiz Pegoraro, secretário de municipal de Infraestrutura e de Obras Públicas.

A duplicação da avenida é uma das obras que serão exe­cutadas com recursos do Pro­grama de Aceleração do Cresci­mento II – PAC da Mobilidade Urbana, com investimento total de R$ 310 milhões. Pelo crono­grama original, de 24 meses, a duplicação deveria ser entregue em 18 de junho de 2018. Até agora as intervenções foram re­alizadas em um trecho de cerca de um quilômetro até o balão da Igreja de Santa Rita de Cássia das Palmeiras. A Prime Infraestutura venceu o certame ao apresentar o menor valor, de R$ 25,3 milhões. A obra estava orçada inicialmen­te em R$ 35,9 milhões.

A empresa recebeu da pre­feitura R$ 2,23 milhões. Ou seja, restam cerca de R$ 23,07 mi­lhões para serem investidos na duplicação. Recentemente, a As­sociação de Moradores do Com­plexo Ribeirão Verde, na Zona Leste, ingressou com uma ação na Justiça. A Prime Infrarestru­tura, segundo a administração, não concluiu os serviços, o que levou o governo a rescindir o contrato unilateralmente. A em­presa nega e diz que poderia até recorrer da decisão.

Segundo o secretário, a em­presa anterior, a Prime Infraes­trutura, realizou apenas 8,2% da obra e, com o valor remanes­cente, previsto de R$ 23 milhões, a Tecla Construções executará 92%. “Acredito que até o final deste mês a empresa já recomece o trabalho. Assim que o contra­to for assinado, será elaborado o cronograma de execução e dare­mos a ordem de serviço”, explica.

Duplicação – A duplicação da avenida Antonia Mugnatto Marincek, a popular “Estrada das Palmeiras”, está sendo feita entre a Rodovia Anhanguera e a rua José Malvaso, no Jardim An­tônio Palocci, beneficiando cerca de 80 mil moradores. Os mais de quatro quilômetros da avenida vão receber urbanização completa, que inclui duplicação da via, pavi­mentação, ciclovia, bancos, lixei­ras, abrigos em ponto de ônibus, rampas, calçadas e paisagismo. A avenida também contará com infraestrutura completa com a instalação de redes de água, es­goto e galerias de águas pluviais.

Carregando os comentários...
Tarde Sertaneja 106FM com Dudu
Fernanda Costa, Bruno & Marrone - No fundo da garrafa
Carregando... - Carregando...